Como rezar o Terço da Divina Providência passo a passo

como rezar o terço da divina providência passo a passo

A princípio do século XVII a devoção a Nossa Senhora, com o nome Mãe da Divina Providência, verdadeiramente começou e ao longo dos séculos foi refinado a orar o Terço da Divina Providência.

Claro, nunca diminuído a devoção por Nossa Senhora não importando o nome adotado para ela. Sempre mantemos nosso profundo amor e carinho pela Virgem Maria.

Como rezar o Terço da Divina Providência passo a passo?

Iniciamos (na cruz) rezando um Credo:

Creio em Deus-Pai Todo Poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus; está sentado à direita de Deus Pai Todo Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

Nas contas grandes, oramos com fé:

“Mãe da Divina Providência: Providenciai!”

Já nas contas pequenas, também com fé:

“Deus provê, Deus proverá, Sua misericórdia não faltará!”

Oração para finalizar o terço:

“Vinde, Maria, chegou o momento. Valei-nos agora e em todo tormento. Mãe da Providência, prestai-nos auxílio, no sofrimento da terra e no exílio. Mostrai que sois Mãe de Amor e de Bondade, agora que é grande a necessidade. Amém.”

Ouça o Terço falado neste vídeo

Como surgiu e que significa o Terço da Divina Providência?

O nome Mãe da Providência está vinculado aos padres barnabitas durante o século XVII.

Também durante este período os padres se viram diante a uma obra grande onde parte de Roma seria reformada e junto a está obra uma Igreja seria demolida, meio a demolição foi destruído um afresco, por mais que os padres pedissem para manter o afresco.

Devido a tristeza dos padres o arquiteto da obra doou um quadro de Nossa Senhora com uma criança em seus braços com uma peculiaridade na imagem Maria e o menino Jesus eram representados com Auréola em cima da cabeça da Virgem Maria.

Em comparação com o afresco perdido o quadro era pequeno, mas ainda assim belo.

O original era mantido em um pequeno corredor e uma réplica do quadro foi colocada em uma área de maior visibilidade, a qual informava a quem por ali locomovia-se que tratava-se de Maria, Mãe da Divina Providência.

Pouco a pouco o já pequeno corredor onde estava o quadro estava cada vez menor pela grande quantia de peregrinos que ali rezavam a Nossa Senhora.

Tamanha era a devoção a Maria, Mãe da Divina Providência que os padres optaram por transformar o local em uma capela.

Por quê rezar o Terço da Divina Providência?

O termo “Providência” liga diretamente à ação de Deus junto à humanidade. Recorda que a todos nós que Deus sempre roga por nós.

Voltando um pouco na história da devoção, encontramo-nos com uma obra de arte pequena em comparação a outra que foi demolida, o que em sua época deu um gosto amargo aos padre dessa igreja.

Por mais que mesma fora reconstruída. Essa história nos mostra como existem males que vem para o bem.

Como tudo na vida humana onde existem altos e baixos e entre eles aprendemos e ganhamos coisas boas.

Se gostou, compartilhe este artigo sobre o Terço da Divina Providência com seus amigos.

Também pode dar uma olhada ao Terço da Divina Misericórdia.

Faça uma uma gentileza para a gente compartilhando esse artigo