Terço da Divina Providência

A princípio do século XVII a devoção a Nossa Senhora, com o nome Mãe da Divina Providência, verdadeiramente começou e ao longo dos séculos foi refinado a orar o Terço da Divina Providência.

Claro, nunca diminuído a devoção por Nossa Senhora não importando o nome adotado para ela. Sempre mantemos nosso profundo amor e carinho pela Virgem Maria.

Como rezar o Terço da Divina Providência passo a passo?

Iniciamos (na cruz) rezando um Credo:

Creio em Deus-Pai Todo Poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus; está sentado à direita de Deus Pai Todo Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

Nas contas grandes, oramos com fé:

“Mãe da Divina Providência: Providenciai!”

Já nas contas pequenas, também com fé:

“Deus provê, Deus proverá, Sua misericórdia não faltará!”

Oração para finalizar o terço:

“Vinde, Maria, chegou o momento. Valei-nos agora e em todo tormento. Mãe da Providência, prestai-nos auxílio, no sofrimento da terra e no exílio. Mostrai que sois Mãe de Amor e de Bondade, agora que é grande a necessidade. Amém.”

Baixar Oração em PDF para imprimir

Veja também como rezar o Terço da Misericórdia, uma das orações mais lindas o conhecidas de todas.

Aproveitando, porque não da também uma olhada ao Terço da Libertação.

Ouça o Terço falado neste vídeo

Como surgiu e que significa o Terço da Divina Providência?

O nome Mãe da Providência está vinculado aos padres barnabitas durante o século XVII.

Também durante este período os padres se viram diante a uma obra grande onde parte de Roma seria reformada e junto a está obra uma Igreja seria demolida, meio a demolição foi destruído um afresco, por mais que os padres pedissem para manter o afresco.

Devido a tristeza dos padres o arquiteto da obra doou um quadro de Nossa Senhora com uma criança em seus braços com uma peculiaridade na imagem Maria e o menino Jesus eram representados com Auréola em cima da cabeça da Virgem Maria.

Em comparação com o afresco perdido o quadro era pequeno, mas ainda assim belo.

O original era mantido em um pequeno corredor e uma réplica do quadro foi colocada em uma área de maior visibilidade, a qual informava a quem por ali locomovia-se que tratava-se de Maria, Mãe da Divina Providência.

Pouco a pouco o já pequeno corredor onde estava o quadro estava cada vez menor pela grande quantia de peregrinos que ali rezavam a Nossa Senhora.

Tamanha era a devoção a Maria, Mãe da Divina Providência que os padres optaram por transformar o local em uma capela.

Por quê rezar o Terço da Divina Providência?

O termo “Providência” liga diretamente à ação de Deus junto à humanidade. Recorda que a todos nós que Deus sempre roga por nós.

Voltando um pouco na história da devoção, encontramo-nos com uma obra de arte pequena em comparação a outra que foi demolida, o que em sua época deu um gosto amargo aos padre dessa igreja.

Por mais que mesma fora reconstruída. Essa história nos mostra como existem males que vem para o bem.

Como tudo na vida humana onde existem altos e baixos e entre eles aprendemos e ganhamos coisas boas.

Se gostou, compartilhe este artigo sobre o Terço da Divina Providência com seus amigos.

Baixar Oração em PDF

3 comentários em “Terço da Divina Providência

  1. EU CREIO NO PODER DA ORAÇÃO.TENHO CERTEZA NO AGIR DO SENHOR.MARAVILHOSO.AMEI PODER NO MEU AMBIENTE DE TRABALHO PODER ORAR ATRAVES DAS ORAÇOES DISPONIVEIS NO PC.

  2. Sou grata por cada oração
    Muitas graças já alcansei!
    Deus é maravilhoso! Minha mãe do céu!
    Também me ajuda de todos os jeitos!

  3. Muito linda e graciosa tenho muito fe em reza_lo logo irei testemunhar pelas graças alçadas através desta orações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *