A calmante Oração da Serenidade para se recuperar

oração para conseguir a serenidade interior

A Oração da Serenidade é conhecida por muitos nomes, por exemplo, “oração alcoólicos anônimos“, “oração do AA“, “serenidade, coragem e sabedoria“, “concedei-me, senhor a serenidade”.

Diferentes versões têm sido utilizadas por várias religiões ou crenças. Pode-se pertencer a esta ou àquela crença ou filosofia, quer seja humanistas, agnósticos ou ateus, pode-se se achar nestas maravilhosas palavras, forças e objetivos para alcançar ou superar dificuldades, provações e viver uma vida plena de saúde, energia e vontade.

Esta oração pode ser uma verdadeira prece ou apenas um desejo fervoroso, ela enfim nos presenteia com uma receita simples para uma vida com fé, segurança e saudável.

A Oração da Serenidade

Deus, concedei-me,
A serenidade para aceitar as coisas que eu não posso modificar;
Coragem para modificar as coisas que posso, e
Sabedoria para saber a diferença.
Vivendo um dia de cada vez;
Desfrutando um momento por vez;
Aceitando as dificuldades como o caminho da paz;
Tomando, como ele fez, este mundo pecaminoso como ele e, não como eu gostaria que fosse;
Confiando em que ele fará todas as coisas certas se eu submeter-me a sua vontade.
Que eu possa ser razoavelmente feliz nesta vida;
E infinitamente feliz com ele para sempre na próxima.
Amém.

Veja a oração completa falada

Por quê rezar a Oração da Serenidade?

Esta oração chegou ao conhecimento público e é tão conhecida hoje como outras orações favoritas, a Oração do Pai-nosso, a Anjo da Guarda a Oração da Noite entre outras.

Não se pode dizer com certeza quem escreveu esta oração.

As palavras quando bem colocadas atingem e têm um significado especial para os que estão sempre à procura da paz interior, como também quando as pessoas estão num momento de incerteza, de turbulência, desespero ou de incerteza em suas vidas.

O objetivo da oração é oferecer a busca da força e da serenidade para quem busca uma vida mais equilibrada e calma.

A prece então dá espaço para que se busque a aceitação, nos dá coragem e conquiste com isso a sabedoria. Enfim ela se resume em rogar a Deus que nos permita estas emoções e sensações.

Em outras palavras, é no rendermos a Ele. Confiando e vivendo um dia de cada vez, desfrutando de cada momento.

a serenidade católica para ajudar aos grupo de AA e NA

Qual a importância desta Oração?

Ela começou a ser utilizada por grupos de ajuda mútua, em seus programas de recuperação, tais como Alcoólicos Anônimos ou Narcóticos Anônimos.

E representa para eles uma síntese dos esforços diários e constantes que devem desenvolver para vencerem a si próprios e exercer todo dia a vontade de melhorar.

Para os frequentadores dos grupos de AA ou NA é necessário um apoio, esforço para se ver em um espelho e querer ser outro e a oração dá esta força. E este é o mais óbvio emprego da Oração da Serenidade e com isto as palavras se carregam de sentido. E assim aplicar a todas as situações cotidianas das quais costumasse ficar preocupados ou ter uma recaída.

A serenidade, quando lida pela primeira vez em um momento de angústia e descobre-se com o tempo que a aceitação é uma maneira nítida e realista de ver o mundo, acompanhada de paz e força interior.

E a serenidade é como uma roda gigante que apesar da altura, de rodar em seu próprio eixo conserva o equilíbrio, a despeito de todas as provações que nos assaltam.

É um estado de espírito que vale a pena buscar.

Qual o seu significado?

“Guardamos como um tesouro nossa “Oração da Serenidade”, porque ela nos traz uma nova luz que pode dissipar nosso velho e quase fatal hábito de enganar a nós mesmos. No esplendor dessa oração vemos que a derrota, quando bem aceita, não significa desastre. Sabemos agora que não temos que fugir, nem deveríamos outra vez tentar vencer a adversidade, por meio de outro poderoso impulso arrasador, que só pode nos trazer problemas difíceis de serem resolvidos”. Grapevine de março de 1962.

Confie no poder da oração e viva cada dia como um dia de cada vez, e desfrute cada momento de sua vida. Sempre tem alguém melhor e alguém pior que nós.

Alguém que precisa de nosso apoio, nosso ombro….

As primeiras quatro linhas da oração da serenidade fazem parte do texto original e o restante foi incluído posteriormente por um autor desconhecido.

Na estrofe mais famosa e poderosa é a primeira, existem três pedidos a Deus: por coragem, serenidade e sabedoria.

As duas primeiras linhas da oração rogam a Deus que tenhamos serenidade para aceitar as coisas que não podemos mudar sozinhos, que significa a busca de.

A terceira linha roga a busca da coragem para superar as coisas que podemos superar.

A quarta linha roga discernimento, ou seja, sabedoria para saber quando aceitar uma situação ou quando enfrentá-la.

A segunda parte nos relembra de temos que confiar que Deus e pede contentamento na vida do dia a dia, e que com Ele poderemos resolver todas as coisas. Assim podemos aceitar com mais tranquilidade e sem ansiedade a resolução dos problemas e dificuldades que surgem em nossa vida. Aceitando que não temos controle sobre as ações de outras pessoas.

Esta oração é para a aceitação das dificuldades que vem no decorrer de nossa vida, mas também é uma prece do desejo pela confiança em Deus. A confiança de que ele trará paz espiritual e a tão buscada serenidade que vem com a maturidade e conhecimento de si próprio.

A oração da serenidade encerra a frase com olhar para a vida eterna, com a vida no paraíso com Deus, aonde seremos felizes e tranquilos pela infinita bondade dele e por toda a eternidade.

Como surgiu?

A oração foi descoberta na coluna “In Memoriam” em um número do Herald Tribune de Nova York. Em princípios de junho de 1941. 0 texto exato era:

“Mãe, Deus me dá a serenidade para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar aquelas que posso e sabedoria para perceber a diferença. Adeus”.

E assim foi impressa em cartões e enviados a grupos e solitários.

Não se pode dizer com certeza quem escreveu a Oração para Serenidade. Pode ter sido escrita pelos gregos; ou quem sabe veio da pena de um poeta anônimo inglês; ainda outros acham que foi escrita por um oficial da marinha americana e também se atribuiu ao Rev. Reinhold Niebuhr, em 1943 do Seminário Teológico União.

De qualquer maneira, temos a oração que é repetida milhares de vezes diariamente. E celebramos a recuperação das pessoas.

Faça uma uma gentileza para a gente compartilhando esse artigo