Skip to content
Orações » 👏 Diversas » Oração Alma de Cristo

Oração Alma de Cristo

varios

De origem medieval, a oração Alma de Cristo começou a ganhar fama graças à Santo Inácio de Loyola. Devido a isso, muitos fiéis atribuem a autoria ao Santo.

Embora a Igreja Católica não saiba quem foi o autor da oração, o Papa João XXVII foi quem ajudou na propagação da oração aos fiéis ao redor do continente europeu e que se espalhou pelo mundo.

Anúncio

Alma de Cristo (oração de Santo Inácio)

Para entendermos corretamente esta oração, devemos ler esta oração pausadamente. Nesta oração, temos uma dimensão grande da Eucaristia e do Corpo e Sangue de Cristo. Com a ajuda dessa oração, temos a certeza de que, sem Deus não somos nada.

Nesta oração, o próprio Cristo nos livra do mal, oferece suas chagas para nos acolher e dar a paz necessária.

Alma de Cristo, santificai-me.
Corpo de Cristo, salvai-me.
Sangue de Cristo, inebriai-me.

Água do lado de Cristo, lavai-me.
Paixão de Cristo, confortai-me.
Ó bom Jesus, ouvi-me.

Dentro das Vossas Chagas, escondei-me.
Não permitais que de Vós me separe.
Do espírito maligno, defendei-me.

Na hora da minha morte, chamai-me.
E mandai-me ir para Vós,
para que Vos louve com os Vossos Santos,
por todos os séculos.

Amém.

Veja também:

Anúncio

Quem foi Santo Inácio de Loyola?

Santo Inácio de Loyola foi o autor dessa oração, o mesmo a escreveu durante o século XVI. O Santo que nasceu na Espanha, no ano de 1556, criou uma das ordens religiosas mais famosas do mundo.

Embora tenha sido criado com uma família rigorosamente cristã, Santo Inácio de Loyola viveu muito tempo de maneira pagã, e foi somente na vida adulta enquanto estava convalescente é que começou a ter uma bonita experiência com Cristo.

Após a recuperação de sua doença, Santo Inácio decidiu viver como ermitão em uma cova, e nesse tempo passou por muitas provações. Foi durante este período que o Santo se dedicou a fazer anotações que depois passou a ser o Livro dos Exercícios Espirituais, um dos mais importantes de sua vida.

Inácio também quis realizar uma longa peregrinação até a cidade de Jerusalém, e por lá permaneceu por muito tempo.

Graças a ele e a inspiração do Eterno, podem pedir diretamente ao Pai em nossas orações.

compartilhar